conteúdo do menu

Câmara de Vereadores de Juranda

conteúdo principal
conteúdo principal

VEREADORES VOTAM SUBSÍDIOS DA PRÓXIMA GESTÃO MANTENDO OS ATUAIS VALORES

data-href="http://index.php?mod=988&idNot=172" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
29/06/2016

Durante a 146ª Sessão Ordinária da Câmara de Juranda, foi votado os subsídios da próxima gestão e legislatura (mandato de 2017/2020), os subsídios (salários) votados são para o prefeito e vice-prefeito, secretários, vereador e presidente da câmara. O projeto aprovado, que manteve os salários atuais e sem correção da inflação, segue agora para sanção do Executivo.

Os subsídios fixados pela câmara deverão ser sancionados e publicados pelo prefeito até 3 de julho (90 dias antes da eleição). Ao fixar os mesmos valores atuais, os vereadores acabaram reduzindo os subsídios em cerca de 25% para o próximo mandato, já que nos últimos 4 anos a inflação foi de cerca de 33%, e os atuais vereadores só tiveram 8% de reposição das perdas. (Veja tabela abaixo).

De acordo com levantamento feito, entre 13 municípios pesquisados na COMCAM, Juranda é o município que tem o menor subsídio de vereador, perdendo para municípios menores como Farol, Janiópolis e Boa Esperança.

OUTRAS MATÉRIAS

Durante a sessão foi votado e aprovado em segundo turno o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2017. Também foi despachado na mesma sessão, para a Comissão de Finanças, oAcórdão do Parecer Prévio do TCE - Tribunal de Contas do Estado do Paraná, referente à Prestação de Contas dos exercícios financeiros do ano 2008 e 2011 do Executivo Municipal.

DAS COMISSÕES E SESSÕES NO MÊS DE JULHO

A câmara entra em recesso parlamentar em julho, mês que não terão reuniões ordinárias às 19h00. Entretanto os servidores e vereadores continuarão trabalhando no horário normal de expediente (08h00 às 11h30 e das 13h00 às 17h00, de segunda a sexta-feira).

Já a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI que investiga suposto superfaturamento na aquisição de peças e serviços para manutenção da frota de veículos do município), bem como a Comissão Processanteque investiga indícios de fraude em licitação de combustível adquirido pela prefeitura (CP), continuarão com seus trabalhos normalmente. Também poderá haver reuniões extraordinárias durante o recesso de julho.

TABELA DOS SUBSÍDIOS PARA GESTÃO 2017/2020

Prefeito: R$ 11.714,93

Vice-Prefeito: R$ 4.164,36

Secretários Municipais: R$ 4.653,71

Presidente da Câmara: R$ 4.162,36

Vereador: R$ 2.992,76.

 

CÂMARA MUNICIPAL
“A Casa do Povo!”

Anexos:Não Existem Anexos cadastrados para esta Noticia.